19 janeiro, 2011

A ANATEL vai registrar tudo sobre os assinantes de telefonia do Brasil, até informações sigilosas,

anatelEquipamentos com custo de quase 1 bilhão de reais permitirão à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) obter acesso a informações sigilosas dos assinantes de telefonia. Big Brother? Quase isso, com direito a acesso irrestrito a dados sobre o assinante, registros de chamadas e muito mais. Esse monitoramento poderá ser feito a partir da internet. Conectados às redes das operadoras, esses equipamentos permitirão o acesso a dados do assinante.afirma o jornal Folha de São Paulo.

De acordo com a Folha, a Anatel terá como verificar o registro de chamadas feitas e recebidas, o tempo de duração das ligações, além  da data e do horário. Para completar, a agência poderia consultar até mesmo o valor da chamada.

Inicialmente, a telefonia móvel será o alvo desse novo tipo de “integração” entre operadora e a as agências. As seguintes bases de clientes serão cobertas:

  • Minas Gerais: Claro, Oi e TIM.
  • Rio de Janeiro: Claro, Oi, TIM e Vivo.
  • São Paulo: Claro, Oi, TIM e Vivo.

Por sua vez, a Anatel afirma que não vai ser qualquer assinante que terá seus dados acessados. Funcionários da agência dependerão de uma autorização do assinante, que deverá ser concedida quando ele entrar em contato com a central da Anatel para realizar alguma reclamação. O órgão ainda afirma que essa medida visa tornar as informações mais precisas na hora de solucionar problemas entre o consumidor e a operadora.